Foto: Edlena Barros

Foram selecionados 15 dos 30 projectos apresentados a um corpo de jurados que incluiu empresários, empreendedores e representantes de instituições financeiras.

A Caravana de Negócios Sociais – “Panga Ngunu”, marcou a fase final do projecto “Encorajar os Jovens a tornarem-se Empreendedores Sociais”, financiado pelo PNUD e implementado em parceria com o Ministério da Juventude, Desporto e as Câmaras Distritais de Água Grande e Mé-zochi. Ao todo o PNUD colocou a disposição dos jovens empreendedores sociais 100 mil dólares que serão usados para a implementação das ideias consoante os planos de negócio apresentados.

No evento final, 50 jovens apresentaram 30 projetos que foram julgados mediante oito critérios: solução, necessidade, mercado alvo e clientes, vantagem competitiva, escala, impacto social, apresentação e modelo de negócio.

No evento, o Ministro da Juventude, Desporto e Empreendedorismo, Vinicio de Pina destacou que os projetos selecionados vão “produzir frutos e terão efeito multiplicador para outras comunidades”. E apelou aos jovens para “pôr em prática todo o conhecimento adquirido durante essas etapas”.

A Coordenadora Residente do Sistema das Nações Unidas, Zahira Virani, disse o conceito “inovador” do empreendedorismo social representa um “desafio extraordinário e magnífico para os jovens”.

Guinilda Menezes, em representação dos mentorados considerou que a “formação foi um desafio, um grande aprendizado e facilitou a criação de relações de amizade”.

Para o representante dos mentores, Mittiner Ramos, foi um processo com muitos desafios, mas “muito gratificante”.

Todo o procedimento até a final envolveu a formação de 60 mentores em negócios sociais, a realização da caravana “Zunta Món” em Água Grande e Mé Zochi, com objetivo de sensibilizar os jovens sobre este novo conceito de empreendedorismo baseado em negócios sociais.

Durante a caravana foram inscritos 453 jovens e selecionados 150 que passaram por um processo de formação de quatro meses ministrada a distância pela ONG Yunus and Youth, com apoio de mentores locais, para o desenvolvimento de competências em negócios sociais e preparação para a criação de ideias de negócios sociais.

Esta iniciativa teve como objectivos promover e desenvolver capacidades neste conceito inovador; incentivar a população mais jovem a se tornar empreendedora social; demonstrar o poder de transformação desse tipo de empresas, capazes de atrair parceiros tradicionais e não tradicionais; e expandir ações semelhantes a outros distritos do país.

Projeto em Números:

  • +1.000 jovens compareceram às Caravanas Zunta Món
  • +450 jovens inscreveram suas ideias de negócios sociais
  • 150 jovens iniciaram a Jornada em Negócios Sociais apoiados por 30 Mentores Nacionais
  • 120 jovens finalizaram todas as atividades obrigatórias do treinamento
  • 88 projetos foram submetidos à avaliação da Yunus&Youth
  • 30 projetos foram selecionados para se apresentar à banca de jurados
  • 15 pequenos negócios sociais receberão investimento semente para implementação dos projetos

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD São Tomé e Príncipe 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue