Foto: Edlena Barros

Este foi o primeiro encontro da “Conversa com Empreendedores Sociais" realizado no âmbito do projeto   "SDG Fund Proteção Social" uma ação conjunta do Sistema das Nações Unidas em São Tomé e Príncipe, através de envolvimento de várias agências, tais como o PNUD, UNICEF, OIT, OMS, implementado em parceria com o Ministério do Trabalho, Solidariedade, Família e Formação Profissional. “A conversa com Empreendedores Sociais” é um espaço de conversa e partilha entre empreendedores sociais e os jovens que ambicionam começar a empreender. “Identificamos 8 empreendedores sociais locais que vão percorrer três distritos do país a explicar o conceito de empreendedorismo social, os desafios e tentar demonstrar com este conceito pode jogar um papel importante para o desenvolvimento equitativo e inclusivo de São Tomé e Príncipe”, disse Dynka Amorim, Gestor associado do PNUD.

Neste primeiro encontro realizado no Centro de Interação Jovem de São Marçal, no dia 10 de setembro, estivemos a conversa com Dalila Vila Nova, uma empreendedora social que tem trabalhado em vários projetos sociais de apoio a jovens, idosos, crianças e mulheres.  “Entrei no empreendedorismo social por acaso, mas hoje quando vejo o impacto das nossas (ONG) intervenções na vida dos outros, sei que escolhi fazer o certo”, afirmou.

Jailson Tavares participou na conversa e disse que ficou mais enriquecido pois ele próprio quer tornar-se um empreendedor social.  “Quero agradecer ao PNUD pela oportunidade, pois foi muito enriquecedora. Saio daqui muito mais inspirado para implementar os projectos que tenho”.

O representante da Associação dos Jovens de São Marçal, disse que se sente privilegiado “por acolher este primeiro encontro, pois empreendedorismo social é algo que coloca o outro centro do nosso trabalho e isso é muito importante nos dias de hoje” disse Abdu Sousa.

Até dezembro deste ano, o encontro será realizado semanalmente em vários pontos do país para garantir que a partilha de informação e experiências chegue ao maior número possível de jovens.  Estão previstas igualmente outras atividades, como a realização do podcast, produção de cartilha e projeção de vídeos sobre empreendedorismo social, nos três distritos afetos ao projeto, nomeadamente Lembá, Mé- Zochi e Água Grande.

PNUD PNUD no mundo

Você está em PNUD São Tomé e Príncipe 
Ir a PNUD Global

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue