Foto: Edlena Barros

São Tomé e Príncipe acolhe hoje e amanhã, 6 e 7 de novembro respetivamente, o atelier de Diálogo Nacional no quadro do ciclo do GEF 7. O Atelier organizado pela Direção geral do Ambiente em parceira com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA) tem por objetivo identificar os projetos prioritários para o novo ciclo de projetos do GEF, GEF 7, que teve o seu início a 01/07/2018 e terminará em 30/06/2022.

Na cerimónia oficial de abertura o Ministro das obras Públicas, Infraestruturas, recursos Naturais e Ambiente, Osvaldo Abreu, destacou a importância que o seu Governo atribui as questões ambientais e disse que “o dialogo nacional é um fórum de consulta  e uma plataforma de concertação que reúne a todos numa mesma mesa, todas as partes interessadas com vista a intercambiar sobre as questões que interessam tanto ao GEF quanto a nós os beneficiários”.

Por sua vez, a Representante Residente do PNUD, Katarzyna Wawiernia disse que “o objectivo não é escolher projetos nem agências (que vão implementar essas intervenções), mas sim,  entender o que o GEF pode ajudar a solucionar os problemas ambientais  e funcionar como catalisador de recursos adicionais para garantir o desenvolvimento sustentável, incluindo o problema do desemprego”.

Em São Tomé e Príncipe, o GEF tem sido um parceiro importante para financiar projetos e programas focados em temáticas ambientais, principalmente nos domínios das mudanças climáticas, biodiversidade e degradação de terras, bem como nas áreas de adaptação.   Cada novo ciclo do GEF surgem novas oportunidades para o país em termos de financiamentos de projetos que contribuem para a sustentabilidade, e consequentemente, para a redução da pobreza.

PNUD PNUD no mundo

A

Afeganistão

Á

África do Sul

A

Albânia Angola Arábia Saudita Argélia Argentina Armênia Azerbaijão

B

Bahrein Bangladesh Barbados Belize Benim Bielorrússia Bolívia Bósnia e Herzegovina Botsuana Brasil Burkina Faso Burundi Butão

C

Cabo Verde Camarões Camboja Casaquistão Chade Chile China Chipre Colômbia Comores Costa do Marfim Costa Rica Croácia Cuba

D

Djibouti

E

Egito El Salvador Emirados Árabes Unidos Equador Eritréia Escritório do Pacífico Essuatíni Etiópia

F

Federação Russa Filipinas

G

Gabão Gâmbia Gana Geórgia Guatemala Guiana Guiné Guiné-Bissau Guiné Equatorial

H

Haiti Honduras

I

Iêmen Ilhas Maurício e Seychelles

Í

Índia

I

Indonésia Irã

J

Jamaica Jordânia

K

Kosovo Kuwait

L

Lesoto Líbano Libéria Líbia

M

Macedônia do Norte Madagascar Malásia Malauí Maldivas Mali Marrocos Mauritânia México Moçambique Moldova Mongólia Montenegro Myanmar

N

Namíbia Nepal Nicarágua Níger Nigéria

P

Panamá Papua Nova Guiné Paquistão Paraguai PDR do Laos Peru Programa de Assistência ao Povo Palestino

Q

Quênia Quirguistão

R

República Centro-Africana República Democrática do Congo República do Congo República do Iraque República Dominicana República Popular Democrática da Coreia Ruanda

S

Samoa (Escritório Multi-País) São Tomé e Príncipe Senegal Serra Leoa Sérvia Síria Somália Sri Lanka Sudão Sudão do Sul Suriname

T

Tailândia Tajiquistão Tanzânia Timor-Leste Togo Trinidad e Tobago Tucormenistão Tunísia Turquia

U

Ucrânia Uganda Uruguai Uzbequistão

V

Venezuela Vietnã

Z

Zâmbia Zimbábue